• RECEBA NOSSOS INFORMES
  • 01 de maio de 2017

Dicas & Direitos

Informações úteis para o seu dia a dia

Filtrar conteúdo por tema:

tamanho do texto -A +A normal

Alimentos

Plantas alimentícias não convencionais: saiba o que são e porque podem ajudar a tornar seu prato mais variado


As PANCs, como também são conhecidas,  podem ser uma saída para quem busca uma alimentação mais saudável e variada, sem ficar presa ao  lugar comum dos alimentos mais tradicionais

 

Publicado em 02/03/2017

É comum acharmos que é somente no mercado, ou na feira, que podemos encontrar plantas comestíveis. Afinal, seja algo trivial como um tomate ou alface, ou nem tanto, como lichias e  ou maracujá-do-mato, é no comércio que eles são encontrados. 
 
Porém, nem todas as plantas comestíveis disponíveis na natureza estão nas gôndolas dos supermercados. Uma grande quantidade de opções alimentícias está fora de nossos radares. São as plantas alimentícias não convencionais, ou PANCs.
 
O que são PANCs
Em resumo, PANCs são aquelas plantas que não comemos porque não sabemos que elas podem, sim, ser consumidas, ou porque faziam parte da alimentação no passado, mas foram substituídas por alimentos com maior interesse comercial ao longo dos anos. 
 
Ou seja, PANC não é uma categoria, família ou classe de plantas. É um termo criado para designar aquelas plantas que podem servir de alimento mas que não são tipicamente disponibilizadas na sua região através do comércio tradicional.
 
O termo, cunhado pelos estudiosos Valdely Kinupp e Harri Lorenzi e disseminado a partir de 2014 através de seu livro Plantas Alimentícias Não Convencionais no Brasil (editora Plantarum), pode ser recente, mas o conceito das PANCs existe há muito mais tempo, e tem vários defensores em todo o mundo. No Brasil, a nutricionista Neide Rigo já divulga essa cultura há mais de dez anos.
 
PANCs podem ser desde sementes e frutas até gramíneas (sim, os famosos “matinhos”), e variam de região para região. O que é considerado PANC em São Paulo pode ser algo tradicional no Piauí ou no Ceará, como o Umbu. Outro exemplo é a erva Ora-pro-nóbis, muito comum em Minas Gerais, mas considerada PANC em outros estados.
 
Não convencionais também pode ser o estado em que a planta se encontra. Bananas e mangas verdes, por exemplo, apesar de serem frutos conhecidos em quase todo o território nacional, consumi-las ainda verdes não é típico. Daí essas frutas, tão populares, serem consideradas PANCs quando presentes em um estágio diferente do tradicional.
 
Onde encontrar
Apesar de não estarem disponíveis no mercado, esses alimentos não convencionais podem estar próximos de você. Muitas folhas consideradas decorativas ou “selvagens” são comestíveis, assim como frutinhas presentes em árvores e quintais da vizinhança. Porém, não existe uma única forma de identificá-las. Elas podem ser de todas as cores e todos os tamanhos, sementes, caules, frutos e folhas. 
 
E é por isso que o livro Plantas Alimentícias Não Convencionais no Brasil foi criado: para auxiliar os brasileiros a encontrar estas plantas com mais facilidade. Mas não é necessário ter o livro para começar a buscar PANCs. A internet já traz vários sites, matérias, blogs e vídeos que ensinam os interessados a encontrar, e a cultivar, PANCs.
 
Como preparar
Segundo a nutricionista Neide Rigo, não existe muito mistério. As PANCs geralmente se parecem com alimentos que já conhecemos. Portanto, basta prepará-los como preparamos os alimentos conhecidos. O que não quer dizer, porém, que novas e requintadas receitas não possam ser criadas. 
 
Na internet, é possível encontrar sites, blogs e livros que trazem receitas que levam em sua composição plantas não convencionais.
Avalie este conteúdo
  • Nenhum comentário, seja o primeiro.

Deixe o seu comentário


  • Caracteres restantes: 1000
  • 1. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.
  • 2. O Idec não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários, que não são revisados. Havendo necessidade, o Idec reserva-se o direito de eliminar comentários em desacordo com o propósito do site.
  • 3. Se, por mais de uma vez, forem descumpridas quaisquer regras contidas na presente Política ou forem verificadas ilegalidades, o comentário será automaticamente excluído do website do Idec. A qualquer instante, o sistema de inclusão de comentários poderá ser cancelado sem necessidade de aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
  • 4. Os comentários não poderão conter os seguintes itens: banners publicitários; websites que façam vendas online; material pornográfico; palavras de baixo calão; informação sobre atividades ilegais e/ou incentivo ao crime; atividades ilegais incluindo menores de 18 anos (de acordo com o disposto no artigo 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente); material depreciativo; ofensivo e/ou mentiroso; propaganda política referindo-se a candidatos, partidos ou coligações, bem como propaganda a respeito de seus órgãos ou representantes; utilização do serviço, desvirtuando sua finalidade, com o intuito de cometer qualquer atividade ilegal; convite à participação em atividades de concursos, correntes, lixo eletrônico, spam ou quaisquer mensagens periódicas ou não solicitadas (comerciais ou não) ou abusivas.
  • 5. A presente Política contendo as condições de uso dos comentários no website do Idec é regida pela legislação vigente da República Federativa do Brasil. Os usuários submetem-se ao Foro exclusivo da Comarca da Capital do Estado de São Paulo para dirimir quaisquer questões porventura incidentes.
  • 6 .O usuário deve fornecer informações verdadeiras, exatas, atuais e completas quando efetuar o registro no formulário para realizar um comentário. Essas as informações são protegidas por senha para a sua segurança e privacidade.
  • 7. Os usuários declaram concordar com todas as condições descritas acima.
Limite de 256 caracteres. Enviar por e-mail
Para:
Todos os campos são obrigatórios.

Filtrar por tema:

Veja também

Financeiro Serviços bancários gratuitos: saiba quais são e quem tem direito

Pouca gente sabe, mas todo brasileiro tem direito a serviços bancários sem pagar nada por isso!...

Consumo Sustentável Consumo sustentável: Como reciclar?

Existem várias formas de evitar que os nossos hábitos de consumo impactem nas mudanças climáticas....

Planos de Saúde Planos de Saúde: saiba o que fazer em caso de negativa de cobertura

A negativa de cobertura é um dos principais problemas enfrentados pelos usuários de planos de sa...

Joana Cruz na Rádio Estadão - Especial Saúde

A advogada do Idec, Joana Cruz, explica sobre as recentes pesquisas do Instituto sobre os planos de saúde...

RECEBA NOSSOS INFORMES
SIGA O
Linked.in RSS Twitter Facebook