• RECEBA NOSSOS INFORMES
  • 24 de abril de 2014

Em Foco

Fique por dentro das atividades do Idec e das notícias de seu interesse

Filtrar conteúdo por tema:

tamanho do texto -A +A normal

Alimentos 19 Dez 2012

Diferença de preço dos produtos natalinos varia em até 42% nos mercados da grande São Paulo

Em comparação com 2011, alguns produtos subiram 90% acima da inflação, aponta pesquisa do Idec


A diferença de preços de uma cesta de produtos natalinos pode chegar a 42% nos supermercados paulistanos. Esse é o resultado de um levantamento realizado pelo Idec em 15 estabelecimentos da capital. 
 
Foram pesquisados 64 produtos entre carnes e aves (peru, tender, lombo e pernil), além de lombo de bacalhau, azeite, vinho e panetones. Para facilitar o acompanhamento dos preços, os produtos selecionados foram aqueles considerados clássicos do Natal, tais como o peru temperado e congelado e o panetone de frutas cristalizadas.
 
Produto Marca Peso Mínimo Máximo Var % Max/Min Preço Médio
Peru congelado e tempedado Sadia 1 quilo 12,48 (Hirota) 15,10 (Yaya) 21% 13,61
Chester - Ave c/osso congelada Perdigão 1 quilo 11,48 (Hirota) 14,90 (Zafari) 30% 12,70
Tender semi desossado Sadia 1 quilo 36,90 (Extra, Mambo, Carrefour, Bergamini) 53,99(P.Açúcar) 46% 42,05
Lombo Suíno congelado Aurora 1 quilo 11,76 (Sonda) 19,98 (Walmart) 70% 14,62
Lombo Bacalhau Ribeiro Alves 1 quilo 49,90 (P.Açúcar) 69,90 (D'avo) 40% 60,36
Azeite Extra Virgem Gallo 500 ml 10,48 (Walmart) 15,99 (Sonda) 53% 13,03
Prosecco Brut Salton Garrafa 27,89 (Sonda) 37,90 (P.Açúcar) 36% 32,19
Panetone c/ frutas 500 gr Bauducco 500 gr 8,99 (Sonda) 13,69 (Futurama) 52% 11,54
Total 169,88 241,45 42% 200,10
 

Devido ao grande número de opções, a pesquisa se concentrou nos itens básicos, ignorando as carnes com cortes especiais, além dos processados com temperos, assados, desossados e recheados. O mesmo ocorreu com os panetones: apenas os tipos mais básicos foram analisados. Ao todo foram consultados os preços de 30 marcas, incluindo até os produtos de marcas próprias dos supermercados. Por isso, entre os pesquisados, 13 produtos apresentaram apenas uma cotação, devido à oferta de marcas alternativas ou próprias. A variação média de preços foi de 26%. Houve produto que chegou a atingir 90% de variação nos preços!

 

Produto Marca Peso Preço Var % Max/Min Preço Médio
Mínimo Máximo
Panetone c/ frutas 500 gr Nestle 500 gr 7,90 14,99 90% 11,24
Pernil congelado e temperado Sadia 1 quilo 9,98 17,99 80% 13,76
Ave sem osso Seara 1 quilo 11,02 18,95 72% 15,33
Lombo Suino congelado Aurora 1 quilo 11,76 19,98 70% 14,62
Tender s/osso Ceratti 1 quilo 19,90 31,90 60% 25,51
Lombo Suino congelado Sadia 1 quilo 13,90 21,98 58% 16,33
Pernil congelado com osso Aurora 1 quilo 8,57 13,50 58% 11,14
Peru Fácil Desossado Sadia 1 quilo 15,80 24,85 57% 18,92
Azeite Extra Virgem Gallo 500 ml 10,48 15,99 53% 13,03
Panetone c/ frutas 400 gr Laura 400 gramas 4,59 6,99 52% 5,59
Panetone c/ frutas 500 gr Bauducco 500 gr 8,99 13,69 52% 11,54
Panetone c/ frutas 500 gr Visconti 500 gr 7,90 11,99 52% 9,95

 

Entre os nove grupos de produtos pesquisados, em sete foram encontradas variações acima de 50%. Apenas dois produtos - o Prosecco da Salton e o Lombo de bacalhau dessalgado e congelado Dias - tiveram variação inferior a esse número.

 
Produto Marca Peso Preço Var % Max/Min Preço Médio
Mínimo Máximo
Chester - ave sem osso Perdigão 1 quilo 18,99 21,90 15% 20,17
Panetone c/ frutas 500 gr Pulman 500 gramas 10,79 12,40 15% 11,57
Ave - c/osso congelada Aurora 1 quilo 8,75 9,98 14% 9,29
Lombo Bacalhau Dias 1 quilo 62,25 69,96 12% 66,11
Peru congelado e temperado Perdigão 1 quilo 12,28 13,70 12% 12,60
Supreme - Ave c/ osso congelada Sadia 1 quilo 10,98 11,98 9% 11,16
Peru congelado e temperado Seara 1 quilo 11,98 12,90 8% 12,29
Ave - c/osso congelada Solenne 1 quilo 11,99 12,90 8% 12,45
Lombo Suíno congelado Perdigão 1 quilo 12,95 13,90 7% 13,43
 
Já entre os produtos com as menores variações, está o Chester da Perdigão, encontrado em nove supermercados com o menor preço.
 
 
Comparativo de preços
A ceia de Natal dos paulistanos está mais cara em 2012. O tradicional Tender desossado foi o produto que mais subiu de preço em relação a dezembro de 2011. O Tender suíno (Sadia e Aurora) ficou 20% acima do valor encontrado no ano passado. Durante a pesquisa, o Idec coletou os preços de 22 produtos, entre carnes, aves e panetones.
 
Enquanto a inflação, medida pelo IPCA (Índice de Preços Amplo ao Consumidor), ficou em 5,53% nos últimos 12 meses, a comparação dos preços dos produtos natalinos praticados nos supermercados na comparação entre 2011 e 2012 subiu em média 10%, destacando-se o Tender suíno sem osso da marca Aurora, que apresentou uma variação de 27%, e o Tender semi desossado da Sadia, com variação de 25%.
 
Os preços médios de 2011 foram obtidos a partir da pesquisa de produtos natalinos realizada pelo Procon-SP no período de 28 e 29 de novembro de 2011, em dez supermercados da grande São Paulo. 
 
Os preços da ave congelada (Supreme, Chester, Blesser), e também do Chester desossado da Perdigão, apresentaram variação de 22%; já o panetone da Laura de 400 gramas apresentou crescimento de 17%, seguido pelo panetone Pulman, com 14%. Os demais preços apresentaram variações entre 12% e 2%. O panetone da Nestle e da Casa Suiça apresentaram redução de 11% e 10% em seus preços, respectivamente.
 
A busca pelo consumidor tem feito as empresas repensarem suas estratégias de preço para os produtos, visto que a variação média entre o preço máximo e mínimo encontrado foi de 34%. A menor variação entre os preços ficou com o a ave congelada Supreme da Sadia, com 9%. A maior variação ficou com o panetone Nestle de 500 gramas, com 90% de variação, seguido pelo pernil congelado e temperado, com 80%.
 
Entre as marcas, o preço médio do peru congelado e temperado apresentou variação de 8%, o preço das aves congeladas variou entre as marcas pesquisadas 37%.  O tender suíno sem osso apresentou variação de 17%, o panetone com frutas de 500 gramas variou 17% entre uma marca e outra.
 
Produto Marca Peso Preço Médio Var %
2012/2011
2012 2011
Peru congelado e temperado Sadia 1 kg 13,61 12,28 11%
Ave com osso congelada Perdigão 1 kg 12,60 11,45 10%
Ave desossada e temperada Sadia (Supreme) 1 kg 11,16 10,10 10%
Tender suíno sem osso Perdigão (Chester) 1 kg 12,70 11,13 14%
Tender suíno semi desossado Aurora (Blesser) 1 kg 9,29 8,22 13%
Pernil congelado com osso Perdigão 1 kg 20,17 16,60 22%
Pernil congelado e temperado Sadia 1 kg 38,43 37,77 2%
Lombo suíno congelado Perdigão 1 kg 38,26 35,20 9%
Panetone tradicional com frutas Aurora 1 kg 32,97 25,88 27%
Sadia 1 kg 42,05 33,72 25%
Sadia 1 kg 11,20 10,02 12%
Sadia 1 kg 13,76 12,28 12%
Sadia 1 kg 16,33 13,38 22%
Bauducco 500 gr 11,54 11,34 2%
Visconti 500 gr 9,95 9,14 9%
Vilage 500 gr 9,77 9,03 8%
Nestle 500 gr 11,24 12,65 -11%
Pulman 500 gr 11,57 10,14 14%
Triunfo 500 gr 9,13 9,02 1%
Laura 400 gr 5,59 4,79 17%
Tommy 400 gr 6,51 6,15 6%
Casa Suiça 500 gr 11,18 12,42 -10%
 
“Esse segmento de mercado se mostra muito dinâmico, devendo apresentar novas variações de preços nas semanas que antecedem as festas natalinas. Para se livrar dos estoques, as redes deverão rever os preços”, afirma a economista do Idec, Ione Amorim. Com toda a correria do período, o consumidor deve estar atento aos preços e tentar fazer uma lista antes de sair de casa. “Não existe uma situação em que todos os bons preços serão encontrados num único supermercado e, por essa razão, a lista é útil para que seja possível encontrar onde será a melhor composição pela soma dos produtos que serão adquiridos”, afirma Ione.

O Idec possui uma orientação relacionada a essa notícia.

Confira as dicas do Idec e economize nas compras para a ceia de Natal

O período de festas chega e, com ele, a necessidade de fazer as compras para a tão esperada ceia de Natal. Com o aumento no movimento dos supermercados, o consumidor deve estar atento na hora das compras não apenas devido ao grande número de variedades nas prateleiras, mas também ao preço, condições dos alimentos e, principalmente, às suas reais necessidades.
 
Primeiramente, deve-se levar em conta o número de participantes da ceia, para evitar sobras exageradas. Fazer uma lista do que é realmente necessário é o primeiro passo para que a soma final da compra não saia de controle. Além disso, com a lista, fica mais fácil fazer uma pesquisa de preços e se evita cair na tentação de comprar produtos de que não necessita.
 
O passo seguinte é fazer uma pesquisa no maior número possível de supermercados, pois as diferenças de preços que individualmente podem não significar tanto, na soma da compra final acabam fazendo uma grande diferença.
 
Não ter pressa na hora das compras é essencial para não extrapolar o orçamento por conta das festas. Ler o rótulo dos alimentos, verificar sua data de validade e condições da embalagem requer tempo e tranquilidade. Levar uma calculadora e antecipar ao máximo as compras ajuda a administrar melhor os gastos, pois quanto mais próximo o Natal, maior o número de pessoas circulando nos supermercados.
 
Substituição
Outra boa alternativa é avaliar se um produto típico do Natal não pode ser substituído por outro menos consumido no período - e mais barato! Castanhas, nozes e avelãs, por exemplo, são mais comuns em países europeus e, portanto, mais caras no Brasil. Logo, o consumidor pode substituí-las por frutas encontradas com mais facilidade e por um menor preço, como pêssegos e ameixas. E prefira sempre os produtos vendidos a granel.
 
Muito pode ser economizado também na substituição de marcas mais caras por outras, mais baratas. É o caso do bacalhau, do panetone, dos vinhos e refrigerantes. Um frango incrementado pode fazer inveja a muitos chesters e perus, basta usar a criatividade.
 
Carnes congeladas, como o peru, podem ser compradas com antecedência, pois possui validade ampla: se congelado, pode ser armazenado de seis meses a um ano. Já as carnes resfriadas, como o chester, não contam com prazo tão grande de validade e devem ser consumidas num menor prazo.
 
Outra dica é, em vez de comprar os panetones industrializados, optar pelos feitos nas padarias. Esses produtos, no entanto, têm prazo de validade bem curto - alguns devem ser consumidos no mesmo dia em que forem comprados, já que não contém conservantes. A vantagem é que os panetones de padarias podem custar muito menos do que os industrializados.
 
Exija seus direitos
No momento da compra, fique atento se o preço anunciado em comerciais, folhetos, etc, corresponde ao praticado pelo estabelecimento. Também é importante guardar o cupom fiscal do caixa para o caso de precisar trocar algum item.
 
O Idec aconselha os consumidores a avaliar sempre a relação entre preço e qualidade, além de ficar atento às informações nos rótulos dos produtos. Além disso, é necessário sempre considerar o custo-benefício do deslocamento até o local que apresenta os menores valores dos produtos.

Avalie este conteúdo
  • Nenhum comentário, seja o primeiro.

Deixe o seu comentário


  • Caracteres restantes: 1000
  • 1. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.
  • 2. O Idec não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários, que não são revisados. Havendo necessidade, o Idec reserva-se o direito de eliminar comentários em desacordo com o propósito do site.
  • 3. Se, por mais de uma vez, forem descumpridas quaisquer regras contidas na presente Política ou forem verificadas ilegalidades, o comentário será automaticamente excluído do website do Idec. A qualquer instante, o sistema de inclusão de comentários poderá ser cancelado sem necessidade de aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
  • 4. Os comentários não poderão conter os seguintes itens: banners publicitários; websites que façam vendas online; material pornográfico; palavras de baixo calão; informação sobre atividades ilegais e/ou incentivo ao crime; atividades ilegais incluindo menores de 18 anos (de acordo com o disposto no artigo 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente); material depreciativo; ofensivo e/ou mentiroso; propaganda política referindo-se a candidatos, partidos ou coligações, bem como propaganda a respeito de seus órgãos ou representantes; utilização do serviço, desvirtuando sua finalidade, com o intuito de cometer qualquer atividade ilegal; convite à participação em atividades de concursos, correntes, lixo eletrônico, spam ou quaisquer mensagens periódicas ou não solicitadas (comerciais ou não) ou abusivas.
  • 5. A presente Política contendo as condições de uso dos comentários no website do Idec é regida pela legislação vigente da República Federativa do Brasil. Os usuários submetem-se ao Foro exclusivo da Comarca da Capital do Estado de São Paulo para dirimir quaisquer questões porventura incidentes.
  • 6 .O usuário deve fornecer informações verdadeiras, exatas, atuais e completas quando efetuar o registro no formulário para realizar um comentário. Essas as informações são protegidas por senha para a sua segurança e privacidade.
  • 7. Os usuários declaram concordar com todas as condições descritas acima.
Limite de 256 caracteres. Enviar por e-mail
Para:
Todos os campos são obrigatórios.

Filtrar por tema:

  • Enquetes

    Transportes

    Alguma vez você já pediu seu bilhete de transporte público de volta?

  • Revista

    Banda Larga Fixa

    Músicas virtuais, problemas reais

    Avaliamos os sites Escute, Sonora  e UOL Megastore,e constatamos práticas que desrespeitam os consumidores, como músicas que só rodam em determinado programa, cópias limitadas e bloqueio ao fim da assinatura do serviço

RECEBA NOSSOS INFORMES
SIGA O
Linked.in RSS Twitter Facebook