• RECEBA NOSSOS INFORMES
  • 23 de março de 2017

Notícias dos Consumidores

Matérias de seu interesse, publicadas em veículos de todo o País

Filtrar conteúdo por tema:

tamanho do texto -A +A normal

10/01/2017

Justiça de SP decide até esta quarta se reajuste de tarifas da integração será suspenso

Fonte: G1

Governo do estado recorreu de liminar mesmo após dizer que não havia sido notificado.
 
O presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, Paulo Dimas, disse que decidirá até esta quarta-feira (11) se o reajuste da integração em São Paulo será suspenso ou não, mostrou o SPTV. Nesta segunda-feira (9), o governo do estado recorreu da decisão que suspendeu o aumento na tarifa de integração entre ônibus e trilhos, mesmo após dizer que não foi notificado da liminar.
 
Com o reajuste, a tarifa de integração passou de R$ 5,92 para R$ 6,80. Apesar de a decisão ter sido tomada na sexta, o reajuste no transporte público entrou em vigor nesta segunda-feira porque, segundo o governador Geraldo Alckmin havia informado, durante evento de sua agenda, não ter sido notificado pelo oficial de Justiça.
 
A decisão tomada na última sexta em caráter liminar (provisório) pelo juiz Paulo Furtado de Oliveira Filho, que cancelou toda a planilha de aumentos publicada no dia 31 de dezembro. O documento inclui também os bilhetes mensais e 24 horas (veja lista abaixo). A decisão, no entanto, não barra o aumento do transporte intermunicipal da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), que afetará 1,7 milhão de pessoas que usam mais de 570 linhas de ônibus.
 
Nesta segunda, Alckmin justificou o aumento com base na inflação. “Nós tivemos uma inflação nos últimos 12 meses em torno de 6,5%, fazendo um mix de vários indicadores, e não foi reajustado nada do Bilhete de R$ 3,80.
 
"A maioria das cidades aumentou [a tarifa de ônibus] para R$ 4,20, R$ 4,50, e aqui não tivemos nenhum reajuste, e isso beneficia a maior parte da população porque 51% dos usuários do Metrô utilizam o Bilhete de R$ 3,80, 62% dos usuários da CPTM utilizam o bilhete de R$ 3,80 e 66% dos usuários do ônibus utilizam também esse bilhete. Queremos também destacar que nós temos perto de 1 milhão de gratuidades”, completou Alckmin.
 
O secretário de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, foi questionado sobre como será a integração. “Nós vamos estudar com mais profundidade a questão das linhas de ônibus, nós temos linhas da EMTU, linhas da SPTrans que podem ser realocadas, nós vamos avançar na questão tarifária, hoje nós temos vários bilhetes: o Bom, o Bilhete Único, podemos avançar na integração”. Indagado se poderia ter um novo bilhete, ele respondeu : “De médio a longo prazo”, afirmou o secretário estadual de Transportes Clodoaldo Pelissioni.
Avalie este conteúdo
Limite de 256 caracteres. Enviar por e-mail
Para:
Todos os campos são obrigatórios.

Filtrar por tema:

  • Revista

    Sangria Desatada

    Apesar das regras para reduzirpartos cirúrgicos nos planos de saúde, ainda há muitos desafios para combater a epidemia de casáreas no Brasil

  • Enquetes

    Alimentos

    Você concorda com leis que proíbem a comercialização e oferta de alimentos não saudáveis (como refrigerantes, salgadinhos e biscoitos) em escolas?

RECEBA NOSSOS INFORMES
SIGA O
Linked.in RSS Twitter Facebook