Bloco Associe-se

Associe-se ao Idec

Conselho Municipal de Transportes de SP realiza balanço anual

Dentre as críticas do Idec estão o recorrente aumento tarifário do transporte público e a liberação de corredores de ônibus para o trânsito de carros

Compartilhar

separador

Atualizado: 

05/02/2018
Avenida 23 de Maio em São Paulo
Avenida 23 de Maio em São Paulo

Na próxima quinta-feira (14), o Conselho Municipal de Transportes de São Paulo (SP), do qual o Idec é membro, reuni-se para discutir o balanço anual das ações de mobilidade urbana realizadas em 2017 e avaliar a criação de políticas públicas mais eficientes para os usuários. O evento será realizado no sindicato dos engenheiros de São Paulo e é aberto ao público.

Dentre os pontos negativos que serão destacados pelo Instituto está o reajuste tarifário previsto para 2018. “Todos os anos a prefeitura anuncia que irá aumentar os preços das passagens, contudo não há discussões de formas alternativas de financiamento desses reajustes, sem que pese no bolso do usuário”, afirma Rafael Calabria, pesquisador em mobilidade do Idec.

Calabria também aponta outros retrocessos para a mobilidade da cidade, como a liberação de corredores de ônibus para o trânsito de carros e o abandono do planejamento de expansão do sistema cicloviário.

Entre os pontos positivos destaca: a implementação de faixas verdes para pedestres e a fiscalização por médias de velocidade em alguns pontos da cidade.